top of page
Barriga de grávida

Tudo sobre Fertilização in vitro
 

Reversão da laqueadura, quando é possível e como funciona?

Atualizado: 30 de jan. de 2023



Um dos procedimentos mais procurados aqui no CRHP é a reversão da laqueadura, que é um procedimento feito quando a mulher não deseja mais ter filhos. Na prática, esse método bloqueia as trompas uterinas, impedindo o encontro do óvulo com os espermatozoides, utilizando clipes, pontos cirúrgicos ou eletrocoagulação.



Após passado um tempo, algumas mulheres mudam de perspectiva sobre essa decisão e voltam a desejar ter mais filhos, buscando reverter o procedimento. Em alguns casos é possível fazer a reversão de laqueadura.


O que é a reversão da laqueadura?



A reversão de laqueadura, também chamada de recanalização das trompas ou reanastomose tubária, é um procedimento cirúrgico, de média complexidade, realizado por meio de laparoscopia.


São feitos pequenos cortes para inserir a micro câmera e os instrumentos, depois os canais são religados por meio de micro sutura.



O teste da permeabilidade tubária é realizado no intraoperatório, injetando-se uma solução com azul de metileno pela cavidade uterina. Verifica-se, então, se este líquido extravasa pela porção final da trompa, o que indica que o trajeto foi restabelecido - pelo menos, temporariamente. Após a confirmação de que a tuba uterina está realmente aberta, são unidos os dois lados com os pontos.


Em geral, a cirurgia demora de duas a quatro horas, com anestesia geral ou raquidiana




Quando é indicada e quando não pode ser feita a reversão da laqueadura?


Esse procedimento é indicado para mulheres que desejam engravidar novamente e possuem boas condições de saúde. Na época da reversão da laqueadura, a idade da mulher é levada em consideração, pois vai influenciar na taxa de sucesso do procedimento. Lembrando que mulheres com idade após 35 anos têm mais dificuldade para engravidar.


Em alguns casos, esta cirurgia não é possível. No procedimento de laqueadura em que a parte mais distal das trompa


s é removida (região das fímbrias, que entram em contato com os ovários) não existe possibilidade de reversão. Em outros casos, quando houve a retirada de um segmento grande da trompa, também pode ser anatomicamente impossível a reversão. Por este motivo, antes da cirurgia, indica-se a histerossalpingografia para se tentar obter informação sobre a técnica que foi realizada. A partir do resultado, discute-se a indicação e prognóstico da cirurgia.


Quanto tempo depois da cirurgia de reversão da laqueadura é possível tentar engravidar?


Após 30 dias da reversão da laqueadura, a fertilidade da mulher já pode ser considerada. A chance dela engravidar vai depender de vários fatores: além da idade, da qualidade do sêmen do parceiro, da reserva ovariana e da técnica usada para fazer a reversão.


Em geral, as pacientes vão conseguir gerar um bebê entre 6 a 12 meses. As chances da mulher voltar a engravidar após a reversão é de 40%. As mulheres com menos de 35 anos, em média, têm 80% de chances de sucesso, após o procedimento.




Commentaires


bottom of page