Espermograma com processamento seminal

Em todos os tratamentos de reprodução assistida, sejam de baixa complexidade (ex. inseminação artificial), ou de alta complexidade (ex. fertilização “in vitro” (FIV), com ou sem micromanipulação de gametas [ICSI]), deve-se realizar o processamento dos espermatozoides no laboratório, com objetivo de selecionar os melhores gametas, remover toxinas e contaminantes, ou melhorar o potencial fértil dos espermatozoides.

 

Quando o processamento é realizado no dia do procedimento, ele é denominado processamento terapêutico, porque os espermatozoides selecionados serão utilizados no tratamento. Quando é realizado durante a fase de investigação das razões da infertilidade, o exame serve para determinar qual o número de espermatozoides considerados de boa qualidade, recuperados após o processamento.
 

O número de espermatozoides recuperados é um dos critérios que nos auxilia na escolha da técnica de reprodução assistida mais apropriada para o casal, por exemplo.
 

Seguimos todas as determinações da ANVISA.

Para os tratamentos, solicitamos os exames do check list, seguindo todas as determinações da ANVISA.

Se deseja saber quais são ou obter mais informações, clique aqui.
 

Artigos relacionados

A saúde da fertilidade depende de diversos fatores, acompanhe nossas notícias e fique por dentro!

Hospital Santa Isabel e Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba

Av. Independência, 953 - 5º Andar. Piracicaba, SP | CEP 13419-155

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta: 7h às 12h

e das 13h às 16h