Barriga de grávida

Tudo sobre Fertilização in vitro
 

Quais os exames para diagnosticar a infertilidade?


quero engravidar e não consigo, infertilidade, infertilidade masculina, infertilidade feminina, tratamento infertilidade, fertilizacao in vitro, inseminacao artificial, fiv, tratamento para engravidar, tratamento de reprodução assistida, tratamento de reproducao humana, medico de fertilidade, fertilidade,

Quando um casal mantém relações sexuais sem proteção durante um ano sem engravidar, chega a suspeita de infertilidade. E como tirar a dúvida? O ideal é procurar um especialista em reprodução humana para realizar o diagnóstico de forma adequada.


Quando recebemos o casal no Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, primeiramente fazemos uma análise criteriosa física e psicológica, avaliando todos os fatores que possam estar impedindo a gestação de uma forma natural.Em seguida, solicitamos exames para detectar qual o fator que provavelmente esteja impedindo a gravidez.


Na mulher, o ginecologista informa que são necessários três exames básicos: ecografia endovaginal, histerossalpingografia e pesquisa da reserva ovariana.


A ecografia endovaginal é um exame de ultrassonografia feito com uma sonda especial colocada no interior da vagina. “Sua grande vantagem é a de poder visualizar estruturas e órgãos pélvicos como o útero e os ovários com maior proximidade e maior resolução de imagem”, explica Freitas. Por meio deste ultrassom, também pode ser visto o endométrio.


Com a histerossalpingografia, é possível avaliar a cavidade uterina e das tubas. “Nesse exame, é injetado um contraste no útero que atinge as tubas e, depois, se derrama dentro da cavidade abdominal. O trajeto do contraste é documentado por filme ou radiografias seriadas”, detalha o médico. Desta forma, é possível detectar alterações da cavidade uterina, como pólipos, miomas e cicatrizes, além de obstruções tubárias.

Na pesquisa de reserva ovariana, o ginecologista relata que são feitas as dosagens dos hormônios FSH, LH, prolactina, estradiol e TSH, colhidos no 3º dia do ciclo.

No homem, o médico explica que é feito o espermograma, se possível, com análise morfológica pela técnica de Kruger e processamento seminal.


Nos casos em que esta lista básica é insuficiente, solicitamos exames adicionais para fechar o diagnóstico.


Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação