Skip to main content
Reverter a laqueadura

É possível reverter a laqueadura?

Um filho no novo casamento ou a vontade de aumentar a família em um momento de estabilidade pode encontrar um obstáculo: a laqueadura feita quando a mulher era mais jovem. Nestes casos, o ginecologista Paulo Padovani, da equipe do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba, traz um alento: o empecilho pode ser resolvido com o auxílio da medicina reprodutiva.

Segundo o médico, a laqueadura é um procedimento que apresenta em torno de 50% de chances de sucesso em sua reversão. Em alguns casos, se realizada com cuidados microcirúrgicos, pode chegar a uma taxa de reversão com 70%-80% de incidência de gravidez.

A reversão de laqueadura consiste na reconstrução microcirúrgica das tubas uterinas realizada com o auxílio de um microscópio cirúrgico e instrumentos especiais. O procedimento deve ser realizado por um especialista com habilidade e treinamento necessários para a delicadeza e o sucesso da cirurgia.

Mas alguns fatores precisam ser avaliados, com a ajuda de um especialista em medicina reprodutiva, antes de optar pelo procedimento. A idade, como fator limitante, é preponderante. “Quando a mulher é mais velha, existem outras técnicas que podem trazer resultados mais rápidos e satisfatórios do que a laqueadura”, afirma Paulo Padovani.

Na análise, também devem ser levados em consideração o comprimento e a vitalidade dos segmentos de trompas a serem unidos, o método que foi utilizado para realização da laqueadura tubária, a quantidade de tecido de cicatrização na região da cirurgia e a habilidade do microcirurgião.

“Se a mulher é jovem, não há fator masculino e a paciente não apresenta muitas cesáreas, a reversão pode ser uma boa escolha”, declara o ginecologista.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

DR. PAULO ARTHUR MACHADO PADOVANI
Ginecologista | CRM 39.536

• Formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí
• Pós-graduado lato-sensu pela Faculdade de Medicina de Jundiaí e Associação Instituto Sapientiae
• Especialista em ginecologia e obstetrícia, e habilitação em laparoscopia
• Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
• Possui título de Capacitação em Reprodução Assistida emitido pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida

 

6 thoughts to “É possível reverter a laqueadura?”

    1. Olá Lucila, se você fez laqueadura, existem duas possibilidades de tratamento: a reversão cirúrgica e a fertilização in vitro (FIV). O grande inconveniente da cirurgia é que estas pacientes necessitam de um tempo de recuperação pós-cirúrgico de aproximadamente 6 meses para tentar engravidar. Aproximadamente 30-50% das pacientes que fazem a reversão conseguem a gestação. Após um ano sem sucesso, a indicação é a FIV. Indicamos a FIV também para pacientes acima de 35 anos, pois não é necessário aguardar para iniciar o tratamento, já que a idade é um fator crucial em relação às chances de gestação. Nossa sugestão é que você se consulte com um médico especialista, para que ele analise o seu caso e indique o melhor tratamento!

    1. Olá Gloriane, o resultado pode variar muito de pessoa para pessoa, mas em média, aproximadamente 30-50% das pacientes que fazem a reversão conseguem a gestação espontânea. O fator da idade também conta muito, na maioria das vezes a gestação após os 40 anos de idade não ocorre de forma natural e é preciso recorrer a tratamentos específicos em reprodução humana.

  1. Olá, eu fiz laqueadura a dois anos , mais devido alguns acontecimento quero muito engravidar novamente, como faço para fazer uma reversão, tenho 27 anos e quero muito engravidar como posso fazer ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *