Skip to main content
Cuidar da saúde é essencial para quem deseja ter filhos

Cuidar da saúde é essencial para quem deseja ter filhos

No mês marcado pelo Dia Mundial da Saúde (7 de abril), o Centro de Reprodução Humana de Piracicaba alerta sobre a necessidade de que as pessoas que desejam ter filhos dediquem atenção especial à saúde. “Praticar esportes, manter alimentação saudável e evitar drogas lícitas e ilícitas são fundamentais para a preservação da fertilidade”, afirma o ginecologista Ernesto Valvano.

Pesquisas comprovam que drogas lícitas e ilícitas fazem com que homens produzam menos espermatozoides, espermatozoides com dificuldade de locomoção e com morfologia alterada e com que mulheres tenham a qualidade dos óvulos comprometida, ciclo menstrual irregular e até menopausa antecipada. “É preciso destacar que os anabolizantes também comprometem a fertilidade”, informa.

Segundo o ginecologista, a atividade física contribui para a qualidade de vida de homens e mulheres, colaborando com a preservação da fertilidade. “Praticar atividades físicas ajuda na obtenção de índice de massa corpórea adequado, essencial para manter a fertilidade de homens e mulheres, e também contribui no combate ao estresse”, declara. Mulheres acima do peso podem apresentar ciclos menstruais anormais, o que interfere na fertilidade.

Estudos da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva revelaram que a atividade física moderada, como caminhadas, auxilia mulheres a engravidarem mais rápido.

No caso dos homens, a prática de exercícios associada a alimentação saudável contribui para evitar a obesidade. Estudo apresentado em congresso da Sociedade Europeia de Reprodução Humana demonstrou que obesos apresentam uma concentração de espermatozoides por ml em média cerca de 8 milhões a menos do que o homem com peso normal. No mesmo encontro, foi apresentada pesquisa da Universidade de Catania, na Itália, mostrando que homens com sobrepeso e obesos têm esperma com qualidade inferior: os espermatozoides são mais lentos e apresentam mudança no formato.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação


DR. ERNESTO VALVANO
Ginecologista | CRM/SP 48.716

• Formado pela Faculdade de Medicina São José do Rio Preto
• Especialista em ginecologia obstetrícia
• Pós-graduado em Reprodução Humana

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *