Skip to main content
Centro de Reprodução Humana de Piracicaba recebe moção de aplauso dia 7 de maio

Centro de Reprodução Humana de Piracicaba recebe moção de aplauso dia 7 de maio

O papel social do Centro de Reprodução Humana de Piracicaba é reconhecido pela comunidade, por meio da Câmara de Vereadores. Nesta segunda-feira, dia 7 de maio, a moção de aplauso pelos 10 anos da clínica, de autoria do vereador Ronaldo Moschini da Silva, será entregue aos médicos Ernesto Valvano e Paulo Arthur Machado Padovani, que representarão o corpo clínico. A homenagem será feita durante a sessão ordinária.

Aprovada por unanimidade pelos vereadores, a moção destaca que o Centro de Reprodução Humana de Piracicaba contribui para a realização do sonho de casais que querem ter filhos e não conseguem por métodos naturais.

“A homenagem do Legislativo manifesta o reconhecimento da sociedade ao nosso trabalho, o que é motivo de satisfação para a nossa equipe. Somos gratos a essa moção e a todos que contribuíram para que nosso ideal se tornasse realidade”, afirmam Ernesto Valvano e Paulo Padovani.

Graças a uma parceria com a Santa Casa de Piracicaba, o Centro de Reprodução Humana funciona desde 2008 no Hospital Santa Isabel.

A clínica trabalha com terapias de baixa complexidade __ coito programado e inseminação intrauterina __ e de alta complexidade __ fertilização in vitro e injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI).

Disponibiliza também congelamento de óvulos, sêmen e embriões, inclusive nos casos de pacientes com câncer, antes dos tratamentos de quimioterapia e radioterapia.

Conta com uma estrutura laboratorial completa, centro cirúrgico, área destinada ao congelamento de células germinativas, espaço para coleta de espermatozoides, dois apartamentos exclusivos e sala com equipamento de ultrassom.

Fazem parte do corpo clínico os ginecologistas Ernesto Valvano, Fúlvio Basso Filho, José Henrique Mello de Freitas, José Higino Ribeiro dos Santos Junior, Milena Elisa Goes Dias Silva, Paulo Arthur Machado Padovani e os urologistas Gustavo de Mendonça Borges e Norio Ikari.

Jornalistas responsáveis: Flávia Paschoal/Marisa Massiarelli Setto – Toda Mídia Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *